Esperança em tempos de crise

Fabio Almeida

Por Fabio Almeida

Com tantas incertezas e sofrimento desencadeados pelo coronavírus, é importante que encontremos razões para ter esperança. Para mim, ela veio do gigantesco esforço e determinação que tenho visto por parte de colegas, parceiros e comunidades em se organizar rapidamente e fazer diferença onde for possível. 

Nosso parceiros começaram nos relatando sobre o impacto que observaram em campo, no fim de março. Logo ficou claro que a pandemia traria muitos impactos tanto para eles quanto para os beneficiários e que seria necessário um apoio extra. Fui solicitado a mobilizar equipes por toda a Laudes Foundation para que desenvolvêssemos um pacote especial para aumentar a resiliência de nossos parceiros. 

Como gerente de Desenvolvimento Institucional e Redes, meu trabalho é atuar com as equipes de Programas para fortalecer internamente as organizações parceiras. Embora esta nova realidade exigisse um ritmo urgente de entrega, o foco se manteve: identificar o que nossos parceiros precisam e como podemos atuar de maneira significativa?  Como podemos apoiar neste momento de vulnerabilidade para que eles possam dar continuidade ao seu trabalho?

Como aconteceu com tantas pessoas nos últimos meses, eu também tive de adaptar a minha rotina de trabalho, passando de projetos de longo prazo (baseados em análises profundas e estratégicas), para avaliações, planejamento e entrega executados com maior rapidez. 

Graças ao esforço de toda a equipe, lançamos nosso plano de resposta ao Covid-19 em abril que, agora, está chegando a parceiros em lugares como a Índia, Bangladesh, Brasil e México. Além do Fundo de Emergência, o pacote apresenta maior flexibilidade nas doações em andamento e oferecimento de apoio técnico por meio de consultoria pro bono. A ação está impactando aproximadamente 500 mil pessoas em todo o mundo e  tem 70% do fundo destinado para organizações de base.  

Muitas dessas organizações realizam um trabalho vital para apoiar os mais vulneráveis. Aqui no Brasil, o Fundo ELAS nos relatou que as mulheres têm sido profundamente impactadas pela crise em função do aumento de casos de violência doméstica e da alta proporção de mulheres que trabalham nos serviços sociais e de saúda e também no mercado informal. O Fundo ELAS está usando esse recurso para atualizar e digitalizar seu processo de candidatura para editais, até então manual e em papel. Isso permitirá a continuidade do trabalho de concessão de subsídios durante a crise, além de criar um sistema mais eficiente para o futuro.

Também ouvimos relatos emocionantes sobre o impacto que esse recurso proporciona  na vida de beneficiárias e beneficiários. Nossos três maiores pedidos vieram de parceiros que atuam em comunidades agrícolas na Índia. Esta pandemia tem gerado um impacto devastador na cadeia global de suprimentos de vestuário, atingindo as produtoras e produtores de algodão em pequena escala. Impossibilitados de vender sua produção ou suportarem os custos mais elevados da movimentação de mercadorias, muitos acabaram ficando sem renda e sem meios de alimentar suas famílias. Por meio de nossos parceiros, temos fornecido alimento e apoio médico, bem como os ajudado a acessar fundos de programas públicos. Histórias como essas mostram como é importante avançar rápido e de maneira decisiva em tempos de crise. 

Esse plano de resposta tem nos ensinado muitas lições. Por isso, ao fim deste ano, avaliaremos o seu impacto no trabalho dos nossos parceiros. Internamente, tem sido um ótimo exercício de trabalho multifuncional de nossa equipe e tem demonstrado o quanto podemos conquistar.

O plano também mostrou o amplo impacto que podemos ter ao atuar como um setor global de investimento social privado. A Laudes Foundation não agiu sozinha nisso tudo: nos inspiramos em diversas iniciativas, incluindo o Compromisso Global de Filantropia, que abriu caminho para que nós e muitas outras organizações respondêssemos ao Covid-19. A minha esperança é que possamos aprender com este movimento e continuar a trabalhar mais rapidamente para enfrentar a desigualdade, que foi ficou ainda mais evidenciada durante a pandemia. 


Sobre o autor

Por Fabio Almeida

Fabio lidera a área de Desenvolvimento Institucional e Redes na Laudes Foundation, com o objetivo de fortalecer nossos parceiros e encorajar a colaboração setor.

Compartilhar